REFERÊNCIAS: 3X11 – Sitcoms

OLAR, gente bonita! Voltamos com mais referências de um episódio em que a gente falou de um dos formatos mais tradicionais da TV: SITCOMS

Nesse episódio, falamos um pouco da história dos sitcoms e como tradicionalmente tem sido a representação de mulheres e minorias (spoiler: péssima). Falamos mal de quem tem que falar mal mesmo: The Big Bang Theory, Friends, Modern Family, 2 Broke Girls e por aí vai.

A boa notícia é que o tempo passa e muita coisa muda. Hoje nós temos muuuuuuuitas séries cômicas com boas representações, diversidade dentro e fora das telas e capazes de nos fazer dar boas e descompromissadas risadas. Algumas delas: Broad City, Brooklyn Nine-Nine, The Mindy Project,Black-ish, Parks & Rec, The Office, entre outras.

Vem ouvir:

Também no Itunes: http://apple.co/2kfQXdl 


E como #EmbaixadoresSpotify que somos, fizemos uma playlist com as músicas mais icônicas dos sitcoms. Muito amor e nostalgia ❤

PLAYLIST:


TEXTOS E REFERÊNCIAS PARA SE APROFUNDAR NO ASSUNTO:

Eu nunca vi isso por esse lado: os problemas de Friends| Lado M 
Fui rever How I Met Your Mother e aí…| Séries por Elas
 How I Met Your Plot Device: Uma conversa| Revista Pólen
The Adorkable Misogyny of The Big Bang Theory | Pop Culture Detective
7 Motivos para Modern Family não ser tão “Modern” assim | Mundo Estranho

♦♦♦♦

SITCOMS ARE THE GOLDEN LAND OF FEMINIST TV CHARACTERS| BitchMedia
30 years later, ‘The Golden Girls’ is still the most progressive show on television|  Tracey Ross
‘Broad City’ Has Become TV’s Most Sex-Positive, Conversation-Starting Feminist Comedy| UPROXX
• [LIVRO] Television Women from Lucy to Friends: 50 years of sitcoms and feminism | Lynn Spangler


#PDPRECOMENDA

Seguem aí nossas dicas pra vocês conhecerem coisas incríveis desse mundão, preferencialmente cultura pop feminista e/ou feita por e para mulheres:

Marina Burini: MEU WILL & GRACE TÁ VIVO!!! A onda de revivals arrebatou também essa maravilhosa série, que já era muito avançada pra sua época ao mostrar especialmente a vivência da homossexualidade. Agora ela voltou ainda mais ativista anti-trump e feminista, deliciosa de ver. E inspirou esse episódio todo ❤

Dá uma olhada:

 

Nana Soares: Estou apaixonada pelo novo álbum da nova bissexual do pedaço. Estou falando de Demi Lovato, que lançou “Tell me You Love Me”, o mais aclamado da carreira até agora. Ouça:

(Ah, aproveita e ouve o novo da Duquesa que também está incrível)


Faltou algum link? Sabe de mais textos e referências e quer compartilhar? Como estamos dirigindo? Sugestão de tema?

Fala com gente pelo Facebook,  Twitter, Instagram ou Spotify.

É isso, beijos de luz!

@maburini, @soaresnana (e @tecaperosa sempre <3)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s