REFERÊNCIAS: 3X08 – Mulher Maravilha

Olarrrr gente maravilhosa! Cá estamos nós com uma curadoria de textos também maravilhosos sobre os assuntos que tratamos nos episódios. Dessa vez fomos lá pra Themyscira e falamos de….

O filme que esperávamos há 75 anos chegou! E de maneira geral não decepcionou, é um filmão! SÓ QUE achamos importante problematizar a escolha de Gal Gadot como protagonista e fazer um debate sobre feminismo ocidental e não ocidental. O filme continua tendo seus méritos, mas se pretende ser tão político assim, o casting importa, não é mesmo?

Fora isso nós também comentamos nossas impressões do filme, o que mais e menos gostamos e falamos um pouco da história da mulher maravilha. Resumindo: é um episódio IMPERDÍVEL.

VEM OUVIR:

Também no Itunes:  http://apple.co/2kfQXdl


E como #EmbaixadoresSpotify que somos, buscamos bandas só de mulheres pra fazer uma playlist pra ouvir lá em Themyscira.

PLAYLIST:


TEXTOS E REFERÊNCIAS PARA SE APROFUNDAR NO ASSUNTO:

MULHER-MARAVILHA: OS 75 ANOS DO ÍCONE | Valkirias http://bit.ly/2vb0lVx
• 7 Clichês e Estereótipos Subvertidos em Mulher-Maravilha (e outros 4 que nem tanto assim) | Nó de Oito http://bit.ly/2t9ybsv
• MULHER-MARAVILHA: ENTRE A REPRESENTATIVIDADE E O QUEERBAITING | Valkirias http://bit.ly/2vvwerh
• O amor em Mulher-Maravilha | Collant Sem Decote http://bit.ly/2uCd1Ym

♦♦♦♦♦

• Como o feminismo branco de Hollywood apagou personagens negras de histórias originais | HuffPost Brasil http://bit.ly/2vba8e5
• Sobre Mulher Maravilha, feminismo e a questão palestina | OperaMundi http://bit.ly/2tkeK4g
• Wonder Woman is a hero only the military-industrial complex could create | Mondoweiss http://bit.ly/2uarpXA
• I Wish Wonder Woman Were as Feminist as It Thinks It Is | Slate http://slate.me/2qP3mYd
• Intersectional feminism: Wonder Woman, Palestinians, Wakanda and Zionism | MondoWeiss http://bit.ly/2r92xKR

♦♦♦♦♦

• “Vai ser feminista no Oriente Médio”, dizem. | Não Me Kahlo http://bit.ly/2sXB0AS
• Do Muslim women need to be saved? | Rapt http://bit.ly/2uswBWy
• Do Muslim Women Really Need Saving? Anthropological Reflections on Cultural Relativism and Its Others | Research Gate http://bit.ly/2uFMbOg
• Wearing a hijab is complicated. Deciding not to wear one can be even more so | Slate http://bit.ly/2tKp6FR
• Mona Eltahawy: ‘All religions are obsessed with my vagina’ | The Guardian http://bit.ly/2gNoEWs
• “É difícil falar sobre ser gay e árabe quando sua identidade é tão politizada” | Época https://glo.bo/29m6pEe
• Can You Be a Zionist Feminist? Linda Sarsour Says No | The Nation http://bit.ly/2nhuTEl
• A BEGINNER’S GUIDE TO HIJABS | The Secret life of Muslims http://bit.ly/2ud0ojq
Postcolonial Feminism – Uma bibliografia | http://bit.ly/2uMT01m

 

♦♦♦♦♦

Nós esquecemos de comentar no episódio, mas TEMOS que notar que se a DC tem a Mulher-Maravilha com todas as problematizações que nós colocamos, a Marvel tem Kamala Khan, a Miss Marvel paquistanesa e muçulmana ❤

• 10 COISAS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A KAMALA KHAN, A MS. MARVEL | Legião dos Herois http://bit.ly/2uwQfQD
• Meet the Muslim superhero fighting bigotry on San Francisco buses | The Guardian http://bit.ly/2ut0ENP
• Meet the Muslim Ms. Marvel: Kamala Khan’s Fight Against Stereotypes | The Daily Beast http://thebea.st/2u2UUZZ
• Ms. Marvel, the First Muslim Superheroine, Fights for the Right to Vote | Haaretz http://bit.ly/2gWjmUR


#PDPRECOMENDA

Seguem aí nossas dicas pra vocês conhecerem coisas incríveis desse mundão, preferencialmente cultura pop feminista e/ou feita por e para mulheres:

Marina Burini: Com seu imenso repertório em cultura pop, Marina Burini está assistindo a uma série DINAMARQUESA chamada “Rita”. Não entendemos o idioma, mas recomendamos pacas (e tem legenda na Netflix!):

Nana Soares: PRIMEIRAMENTE:

Ouçam nosso episódio de Melanie C ❤ É só clicar na imagem. Nana Soares realizou sonhos de infância e adolescência e ainda está no paraíso.

Ah, e assistam The Keepers também. A narrativa é um pouco confusa mas as senhorinhas provam que nem todo herói usa capa.

Teca Perosa: Estava lá de boinhas na Netflix, comecei a ver GLOW e não é que gostei, minina? Vão lá ver as mulher arregaçar na lista. Lembrando que é das mesmas criadoras de OITNB (e na verdade é bem parecido, mas sem flashbacks)


Faltou algum link? Sabe de mais textos e referências e quer compartilhar? Como estamos dirigindo? Sugestão de tema?

Fala com gente:

Facebook: facebook.com/popdontpreach

Twitter: @PopDontPreach

É isso, beijos de luz!

@maburini, @soaresnana e @tecaperosa

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s